quinta-feira, 12 de março de 2009


"Aborto é mais grave que estupro"

- Declaração do arcebispo de Olinda e Recife, Dom José Cardoso Sobrinho, sobre a menina de 9 anos, abusada pelo padastro e que foi excomungada pela "Digníssima" Igreja Católica ao ser submetida ao aborto legal !

"Será que nunca faremos
Senão confirmar
A incompetência
Da América católica
Que sempre precisará
De ridículos tiranos
Que será, que será?
Será que esta
Minha estúpida retórica
Terá que soar
Terá que se ouvir
Por mais zil anos..."

Podres poderes – Caetano

3 comentários:

Bebel disse...

Eu fiquei horrorizada com tal declaração, fiquei pasma com essa história, que infelizmente a cada dia se torna mais comum.
VAFFANCULO essas pessoas que pensam como o tal arcebisbo.
VAFFANCULO essas pessoas que agem como o padrasto da menininha.
VAFFANCULO essas leis medíocres que regem a constituição do nosso País.
VAFFANCULO a impunidade.
Desculpe o desabafo.
É revoltante!

Anônimo disse...

A declaração me revolta profundamente, mas não me espanta.
Infelizmente uma instituição q há séculos estabelece conceitos e controla a sociedade ... defende arduamente a proibição do aborto e esconde a sete chaves inúmeros casos de abuso sexual praticados pelos próprios sacerdotes.
PARA A IGREJA CATÓLICA EXCOMUNGAR À PRATICA DO ABUSO SEXUAL SERIA JOGAR MALDIÇÃO A SI MESMA!

Emanoel disse...

ATENÇÃO!

A POSTAGEM ANTERIOR É MINHA, NÃO TIVE A INTENÇÃO NENHUMA DE ASSEMELHAR-ME A IGREJA CATÓLICA QUANDO, EM ALGUNS CASOS, FAZ QUESTÃO DE PASSAR POR ANÔNIMA ... PARA GARANTIR UM PEDACINHO DO CÉU!!!!!!!!!